A senhora, já velhinha, chega à delegacia no meio damadrugada.

– Quero fazer uma queixa seu delegado: fui estuprada.

– E quando foi isso? – perguntou o delegado.

– Foi no dia 12 de junho de 1943.

– Mas só agora a senhora está fazendo queixa?

– É que só foi agora que o desgraçado me largou.