São Pedro acaba de receber os passageiros do Mercedes que bateu na ponte do Alma. Ele pergunta o que aconteceu. Dodi e Diana respondem juntos: – É a culpa do Paul, nosso motorista: ele dirigia como um louco e batemos.
Paul se defende:
– Isso não é verdade! O senhor Al Fayed ficou falando “Mais rápido! Mais rápido! Mais! Não pare! Não pare!”.