O tatu, injuriado pela música dos Mamonas em sua homenagem “Comer tatú é bom, que pena que dá dor nas costas…”, resolveu se vingar do Dinho. Foi na Serra da Cantareira, cavou, cavou até achar o Dinho.
Quando achou, resolveu cantar a música que tinha feito pra ele:
“Comer o Dinho é bom, Que pena que só tem as costas…”