Às vésperas do Natal, o menino chega para o pai e pede:
— Papai! Papai! Eu queria ganhar uma bicicleta de Natal!

— Bicicleta, pra quê? — responde o pai mal-humorado. — Você já não tem uma cadeira de rodas?